Argentina inicia a vacinação de profissionais da saúde com a Sputnik V

0
84
Imagem: EFE

Nesta terça-feira (29), servidores do sistema de saúde argentino começaram a receber doses da Sputnik V, a vacina russa.

Segundo o ministro da Saúde da Argentina, Ginés González García, o cenário é de otimismo nessa primeira fase com a vacinação da linha de frente no enfrentamento da pandemia. 

A fila de enfermeiros, intensivistas e médicos era grande, e todos estavam protegidos com máscaras e luvas. Após receber a vacina, os novos imunizados permaneceram em observação no hospital para eventuais reações à vacina.

A previsão do governo é aplicar 300 mil doses do imunizante que já estão no país. Como todas as outras, a vacina russa tem duas etapas e a próxima irá ocorrer daqui a 21 dias.

O governo local enfrenta críticas da oposição por ter priorizado a vacina russa. Segundo a Anmat, a Anvisa dos argentinos, as informações apresentadas por Moscou sobre a vacina estão completas e cumprem os requisitos para a aplicação emergencial do componente.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui