Butantan mantém previsão de vacinação contra Covid-19 em SP para janeiro

0
165
Pesquisadora do Instituto Butantan fazendo ensaios químicos

Nesta terça-feira (15), o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse que espera que a CoronaVac seja incluída no plano nacional de imunização. Ele afirmou também que o cronograma apresentado pelo governo de São Paulo para a vacinação da população permanece “de pé” para o final de janeiro de 2021. 

A SinoVac é produzida em parceria com o Instituto Butantan e está na terceira fase de testes. Nessa fase, a vacina deve apresentar eficácia comprovada para que seja liberada e aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo Covas, “A vacina estará disponível em janeiro e em 25 poderá começar essa campanha. Espero que essa campanha seja, também, nacional, não seja só do estado de São Paulo, mas que seja incorporada por todo o Brasil através do programa nacional de imunização”.

Além disso, uma das finalidades do programa estadual é a aceleração do uso da vacina para que o governo federal seja pressionado a estabelecer um plano nacional de imunização.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui