Candidato a vice de Cláudio Castro, Washington Reis é alvo

0
365

O ex-prefeito de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, Washington Reis (MDB) é alvo da Operação Anáfora, iniciada nesta quinta-feira (1º). A força-tarefa, organiza pela Polícia Federal e pela Controladoria Geral da União, investiga um suposto favorecimento na contratação de uma cooperativa de trabalho pela Secretaria de Saúde de Caxias. O contrato e aditivos ultrapassaram R$ 563,5 milhões em pouco mais de dois anos.

Washington Reis é candidato a vice-governador na chapa de Cláudio Castro (PL), atual governador e que está na frente das últimas pesquisas de intenção de voto, conforme mostrou o levantamento do Ipec, divulgado na última terça-feira (30). 

Leia mais: Vice de Cláudio Castro tem pedido de impugnação de candidatura no RJ; entenda

Os agentes saíram nesta quinta para cumprir 27 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 6ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, nos municípios de Duque de Caxias (3), Maricá (1), Angra dos Reis (2), Mesquita (1), Niterói (1), Nova Iguaçu (1) e na capital (18).

Na mesma operação, é alvo Mário Peixoto, denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) após a Operação Favorito, de maio de 2020. O empresário é apontado pela Justiça como beneficiário no esquema de corrupção do governo Wilson Witzel (PMB) – que sofreu um impeachment com pouco mais de um ano de governo, antes de Castro assumir.

Outros alvos são  empresários, operadores financeiros, “laranjas” e prováveis líderes do esquema criminoso. De acordo com as investigações, a cooperativa é de uma quadrilha que desvia dinheiro público há anos, principalmente na área da saúde.

Segundo a Controladoria da União, essa organização criminosa “já foi investigada na Operação Favorito, deflagrada em maio de 2020, para a prática de fraudes em licitações e lavagem de dinheiro”.

Dessa operação, um desdobramento da Lava Jato, o MPF havia denunciado 17 pessoas “por danos à Saúde do RJ”. Entre os denunciados também estava, além do empresário Mário Peixoto, o ex-deputado estadual Paulo Melo.

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Mariana Pitasse

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui