China hasteia sua bandeira na Lua ao completar sua primeira missão no satélite

0
94

Sonda Chang’E-5 deu ao país asiático a honra de ser o terceiro do mundo (e o segundo comunista) a realizar uma missão bem sucedida na Lua

[Por Victor Farinelli, da Revista Fórum]
twitter sharing buttonEsta semana que já começou com jeito de façanha para os chineses, graças ao pouso da sonda Chang’E-5 na Lua, terminou nesta sexta-feira (4) com ares mais cerimoniais: ao concluiu sua missão, a sonda hasteou a uma pequena bandeira da China, de 200 centímetros de largura e 90 de altura, antes de partir de volta à Terra.

Com isso, a China passou a ser o terceiro país do mundo a completar uma missão bem sucedida na Lua. Antes disso, apenas a União Soviética e Estados Unidos realizaram feitos semelhantes, nos Anos 60 e 70, durante a chamada Corrida Espacial, um dos marcos da Guerra Fria – os soviéticos foram os primeiros a pousar uma sonda na Lua e fazer uma transmissão direta, em 1966, mas os estadunidenses responderiam com a primeira missão tripulada ao satélite, em 1969.

Portanto, a China também é o segundo país comunista a realizar tal façanha, entre os três que já conseguiram.

Segundo a agência chinesa de notícias Xinhua, a missão da Chang’E-5 incluiu transmitir dados geológicos e recolher amostras do solo lunar, que estão sendo trazidas de volta à Terra.

A CNSA (sigla do Departamento Espacial Nacional da China) informou que a missão da Chang’E-5 conclui a terceira fase do Programa de Exploração Lunar da China. A quarta fase consiste no envio de uma missão tripulada, que está prevista para ser lançada em 2024.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui