Com 100% de eficácia, vacina russa aparece como promessa de superação da pandemia

0
85
Crédito: Yalcin Sonat / Shutterstock.com

Nesta segunda-feira (14), cientistas russos declararam que a Sputnik V alcançou a eficácia de 100%. Em comunicado oficial eles afirmaram que a “Eficácia da vacina Sputnik V contra casos graves de coronavírus é de 100%. Dos casos confirmados de infecção por coronavírus no grupo [que tomou] placebo foram registrados 20 casos graves, enquanto o grupo que tomou a vacina, não foram registrados casos graves”.

Dessa forma, os desenvolvedores, baseando-se nas análises feitas na terceira fase de testes, concluíram que a Sputnik V alcançou uma eficácia superior a 90%. Agora, a ideia é publicar os resultados obtidos em uma das principais revistas internacionais de medicina.

Durante os três testes de controle clínico da vacina foi confirmada a eficácia em um nível superior a 90%. Segundo Kirill Dmitriev, diretor geral do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI), “A análise dos dados no terceiro teste de controle conclusivo dos testes clínicos da vacina Sputnik V confirmou que a eficácia da vacina é superior a 90%, tendo sido sucessivamente demonstrada em três testes estatisticamente significativos estipulados no protocolo dos testes. Os dados obtidos constituirão a base do relatório que será usado para solicitar o pedido de registro acelerado da vacina russa em outros países”.

A intenção do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya é desenvolver um relatório que será utilizado para o registro acelerado da vacina russa em outro países. A utilização de dois adenovírus diferentes é o que torna a vacina russa uma das maiores promessas para a superação da pandemia.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui