Dados da CoronaVac são apresentados pelo Instituto Butantan à Anvisa

0
85
Governadores ouvem de representante chinês que CoronaVac só pode ser adquirida pelo Instituto Butantan

Na manhã desta quinta (07), o Instituto Butantan apresentou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) os dados dos testes da CoronaVac. Assim, o Instituto aguarda, agora, a liberação para produzir e aplicar o imunizante.

Os dados foram revisados pelo Comitê Internacional Independente, na Áustria, que acompanha os ensaios também.

O estudo da fase 3 da vacina criada pelo laboratório chinês, Sinovac, foi patrocinado pelo Instituto Butantan. Desde julho, aproximadamente 12.700 servidores da área da saúde, em oito estados diferentes, receberam doses do imunizante.

Segundo o governador de São Paulo, João Dória, “Hoje é um dia muito importante para o Brasil e para os brasileiros. Hoje é um dia de esperança. Ela é a vacina de São Paulo, e a vacina de São Paulo é a vacina do Brasil”.

Embora 220 voluntários tenham contraído o vírus com sintomas leves, a vacina se mostrou extremamente eficaz no que diz respeito às mortes. O imunizante garantiu proteção total contra mortes nos infectados imunizados e em casos graves. 

Por fim, a divulgação ocorre após dois adiamentos e muita confusão a respeito dos dados. Para que uma vacina seja aprovada pela Anvisa, é necessário que ela tenha uma cobertura de 50%, algo que o governo de São Paulo já havia informado que a CoronaVac tem.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui