Enquanto bilionários ficaram mais ricos, Brasil tem 55% da população em insegurança alimentar

0
214
Prato vazio.
Foto: Reprodução.

Enquanto os bilionários ficaram mais ricos durante a crise de covid-19, os pobres no Brasil ficaram cada vez mais pobres. Segundo a lista de revista Forbes, divulgada nesta terça-feira (6),  o número de bilionários saltou 44% – de 45, em 2020, para 65, em 2021 no Brasil.

Juntos, os bilionários brasileiros possuem 219,1 bilhões de dólares, aproximadamente R$ 1,2 trilhão. A quantia equivale quase à totalidade do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Durante a pandemia, a riqueza deles aumentou em 71%.

O aumento da riqueza dos mais ricos não refletiu para os trabalhadores. No Brasil, a fome avança com a recusa do governo federal em decretar um lockdown eficiente e pela implementação de um auxílio emergencial efetivo.

Segundo o estudo Insegurança Alimentar e Covid-19 no Brasil, construído pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar (Rede Penssan), a segurança alimentar no Brasil caiu de 77,1% em 2013 para 44,8% em 2020. No país, 55% da população está em situação de insegurança alimentar leve, moderada ou grave.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui