Estudo aponta que colchicina reduz o número de hospitalizações por Covid-19

0
155
Estudo aponta que colchicina reduz o número de hospitalizações por Covid-19
Divulgação

Um estudo desenvolvido no Canadá revelou que o medicamento anti-inflamatório chamado colchicina tem eficácia no tratamento contra a Covid-19 e pode reduzir o risco de complicações da doença.

Segundo o Montreal Heart Institute (MHI), em um comunicado publicado na sexta-feira, o estudo apresenta-se como uma “grande descoberta científica” e fazem do medicamento “o primeiro medicamento oral do mundo que poderia ser usado para tratar pacientes de covid-19 fora do hospital”.

Dessa forma, os resultados mostraram que o medicamento reduziu o risco de morte ou hospitalização em pacientes com Covid-19 em 21%. O estudo foi desenvolvido em pessoas do Canadá, Estados Unidos, Europa e América Latina com 4.488 pacientes.

A pesquisa concluiu que em 4.159 casos de pacientes confirmados com o coronavírus, o uso do medicamento reduziu as hospitalizações em 25%. Já a necessidade de ventilação mecânica foi para 50% e as mortes caíram para 44%.

De acordo com Jean-Claude Tardif, diretor do Centro de Pesquisas MHI, “Temos o prazer de oferecer o primeiro medicamento oral do mundo cujo uso pode ter um impacto significativo na saúde pública e potencialmente prevenir complicações da covid-19 para milhões de pacientes”.

Por fim, o instituto concluiu que “Este é o maior estudo do mundo testando um medicamento administrado por via oral em pacientes de covid-19 não hospitalizados”.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui