Freixo denuncia “rachadinha” do clã Bolsonaro no valor de R$1,4 milhão

0
201
Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (25), o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL) informou que irá acionar o Ministério Público contra o presidente Jair Bolsonaro por “rachadinha”. Segundo ele, em 2007, seis pessoas com cargos no gabinete de Bolsonaro na Câmara dos Deputados sacaram 90% dos salários quando se tornaram assessores dos filhos do mandatário.

De acordo com o parlamentar no twitter, “URGENTE! Seis assessores de Flávio e Carlos Bolsonaro sacaram 90% dos seus salários, totalizando R$1,41 MILHÃO EM DINHEIRO VIVO. Esses mesmos funcionários também trabalharam c/ @jairbolsonaro na Câmara. Desviar salário de assessor é crime de peculato. Estou acionando o MP”.

Dos seis ex-assessores, quatro têm algum grau de parentesco com o presidente ou com uma de suas ex-mulheres.

 

 

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui