Gleisi chama Bolsonaro de “genocida” e diz que ele “quer deixar mais gente morrer”

0
113
Gleisi Hoffmann brava
Foto: Edilson Rodrigues / Agência Senado

Hoje (06), a deputada federal, Gleisi Hoffmann, criticou a decisão do governo Bolsonaro de suspender a compra de seringas. A declaração da parlamentar foi feita pelas redes sociais após o governo ter informado que só compraria os insumos quando o preço baixasse.

Para Hoffmann, Bolsonaro é um “genocida” que sabia que os preços aumentariam devido à alta demanda dos países que já começaram a imunização e que ele não se mexeu para garantir estoques do insumo. Segundo ela, é “cruel a decisão de Bolsonaro de não comprar seringas para vacinação da Covid-19 por causa dos preços. O genocida sabia que os valores aumentariam, não comprou quando deveria e agora quer deixar mais gente morrer. Realmente, ele não consegue fazer nada, e quando faz é para o mal do povo”.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui