Greve dos petroleiros será retomada nesta sexta após suspenção das negociações pela Petrobras

0
164
A partir da meia-noite desta sexta-feira, petroleiros de diversos estados irão retomar a greve que havia sido interrompida após abertura de negociações da Petrobras com a categoria.
Foto: Gibran Mendes / CUT-PR

A partir da meia-noite desta sexta-feira, petroleiros de diversos estados irão retomar a greve que havia sido interrompida após abertura de negociações da Petrobras com a categoria.

Segundo o Sindipetro, petroleiros da Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Amazonas, Pernambuco e São Paulo irão paralisar suas atividades a partir de amanhã. Os sete sindicatos estão realizando assembleias com os trabalhadores para ver como irão participar das manifestações.

A greve teve início após a direção da estatal encerrar as negociações com a categoria. Em nota, a diretoria do sindicato da Bahia ressaltou “a frustração da boa fé da entidade sindical que suspendeu o início da greve do dia 18/02, para negociar” e, ainda, lamentou o término abrupto dos diálogos.

Entre as reivindicações da categoria estão a implementação de uma política de combate ao assédio moral nas unidades da estatal; o fim das dobras de turno e das prorrogações de jornada; a revisão do efetivo mínimo do plano de Organização e Método em diversas áreas da Petrobras; implantação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico da jornada de 12 horas diárias.

Por fim, os petroleiros também questionam a venda da Refinaria Landulpho Alves, na Bahia, para o fundo Árabe Mubadala e solicita que a companhia discuta o cronograma de transição da operação pela Petrobras, além de cobrar a garantia da manutenção dos postos de trabalho e terceirizados.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui