Insânia: Ministros de Bolsonaro estão proibidos de falarem com o embaixador da China

0
119

Bolsonaro proíbe contato de todos os seus ministros com Yang Wanming, embaixador chinês

Em mais um ataque aos interesses nacionais, Bolsonaro investe contra o embaixador Yang Wanming. A China é o país que mais compra produtos do Brasil e que mais investe na economia nacional.

“Há uma ordem expressa de Jair Bolsonaro aos seus ministros: nenhum deles pode receber em audiência o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming”, publicou o jornalista Lauro Jardim, no Globo.

Com a decisão, ele também demonstra, uma vez mais, o seu despreparo combinado com uma subordinação à política externa de Donald Trump, que já está derrotado por Joe Biden e, portanto, fora de combate.

A china vai aos poucos demonstrando perda de paciência, e o saldo negativo dessa nova investida pode ser de grandes proporções.

 

Opinião:

[Por Sálvio Kotter]

O arranjo para manutenção de Rodrigo Maia no comando da Câmara dos deputados, e de Alcolumbre no comando do Senado parece ter a ver com a manutenção dos pedidos de impedimento presidencial nas gavetas. Contudo, a continuar esse tipo de comportamento, chegará a hora que não haverá como evitar que se inicie um processo de afastamento, o que, se acontecer, vai ferir ainda mais a já tão combalida democracia brasileira.

Bolsonaro deve ser contido e mantido como peso morto até o final de seu mandato, enquanto apostamos nossas esperanças em 2022. Do fundo do poço ninguém passa, vença quem vencer a próxima eleição, por certo voltaremos a ter um presidente civilizado e coerente.

A se repetir ações como essa, será necessário que se forme uma junta médica que avalie a sanidade mental do atual presidente.

 

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui