Inspirados pelos EUA, extremistas brasileiros articulam impedir eleições legislativas

0
84
Lideranças do MDB tem avaliado que o espaço de oposição de centro-direita a Bolsonaro é o principal legado na eleição na Câmara e até agora não foi ocupado.
Foto: Michel Jesus / Câmara dos Deputados

Inspirados pela tentativa de golpe nos EUA ontem (06), extremistas brasileiros estão se articulando para reproduzir o episódio nas eleições do Legislativo.

De acordo com reportagem do Correio Braziliense, estão ocorrendo disparos em massa no WhatsApp convocando manifestantes para protestos nos dias 30 e 31 de janeiro e 1º e 2 de fevereiro.

Segundo as mensagens, “O Brasil estará de plantão” para evitar que “candidatos comunistas” tomem posse. Além disso, eles defendem, “Não queremos o comunismo no Brasil. Baleia Rossi, candidato do PT, fora da Câmara”.

As mensagens extremistas ganham apoio da ala ideológica do governo, que comemorou a invasão do Capitólio e afirma que o mesmo irá ocorrer no Brasil em 2022.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui