Lira recua e tenta acordo com oposição

0
72
Futura Press / Estadão Conteúdo / CP

Após ter dissolvido o bloco de Baleia Rossi (MDB) e ter vencido a eleição para presidência da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP) tenta costurar um acordo com a oposição na composição na Mesa Diretora da Casa.

O parlamentar ofereceu dois dos seis cargos na mesa aos partidos que formaram o bloco de seu adversário ao pleito. A proposta vem sendo costurada desde a manhã desta terça-feira (02) e prevê que o PT possa assumir a segunda secretaria, quarto cargo mais importante.

Além do mais, o grupo de Lira ofereceu uma vaga para o PSDB também. Os demais cargos seriam divididos entre os aliados do deputado.

Entretanto, aliados de Baleia manifestaram intenção de rejeitar a proposta e defender o adiamento da sessão que iria definir os cargos da Mesa Diretora.

A promessa é que o grupo do emedebista ingresse no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão de Lira, e caso não ocorra um recuo do parlamentar, tentar a obstrução das votações. Dessa forma, isso acabaria atrasando ou, até mesmo, inviabilizando as sessões da Casa.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui