MST inaugura loja Armazém do Campo em Brasília

0
667

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) inaugura neste sábado (10), em Brasília, uma loja com produtos oriundos de áreas de reforma agrária de todo o país. A filial candanga do Armazém do Campo, um rede de lojas criada pelo movimento, ficará na Asa Norte (LN 115, bloco B, loja 63). O evento de abertura ocorre a partir das 16h. 

Criada em 2016, a rede tornou-se referência para quem busca alimento saudável, de origem orgânica e agroecológica, e acesso à outras expressões culturais da reforma agrária. Atualmente, a rede Armazém do Campo conta com 25 lojas físicas espalhadas pelo Brasil. Além destas, existem 39 pontos de comercialização, distribuídos em 13 estados brasileiros, com pedidos via delivery e encomendas. A previsão é que nos próximos anos, mais de 30 novas lojas sejam abertas.

“O Armazém do Campo buscará ser esta principal referência para quem busca, aqui no DF, alimentos produzidos nos acampamentos, assentamentos e cooperativas do MST espalhados pelo Brasil”, explica Sandra Cantanhede, da direção nacional do MST. A dirigente ressalta, no entanto, que o papel do Armazém vai além da comercialização de alimentos.

“Para nós, se alimentar é um ato político, por isto que o Armazém também será um espaço para avançarmos na construção da Reforma Agrária Popular e no combate ao agronegócio e ao fascismo”, explica Cantanhede.



Fachada da nova loja Armazém do Campo, que será inaugurada em Brasília neste sábado (10), a partir das 16h / MST-DF/Divulgação

A rede Armazém do Campo surge a partir da primeira Feira Nacional da Reforma Agrária, que ocorreu em 2015, em São Paulo. A partir dali, foi aberta a primeira loja, também na capital paulista.

 

“No DF, o Armazém do Campo é fruto da luta pela terra e da organização da nossa produção, as quais foram desenvolvidas pelo MST ao longo de sua trajetória no estado”, destaca Sandra Cantanhede. Atualmente, o Movimento Sem Terra conta com 1.900 associações, 160 cooperativas e 120 agroindústrias, além de mais de 450 mil famílias assentadas em todo país. Durante a pandemia, a partir da produção de seus territórios, o MST doou mais de 7 mil toneladas de alimentos e 2 milhões de marmitas solidárias. Agricultores de cooperativas ligadas ao MST também são responsáveis pela maior produção de arroz orgânico do Brasil.  

Atrações

Neste sábado, a inauguração do Armazém do Campo DF terá, além da comercialização de produtos da reforma agrária e da culinária da terra, diversas apresentações artísticas. Às 16h, Dani da Silva inicia as apresentações, seguida, a partir das 17h, do DJ Léo Cabral. Por fim, 19h30 o Samba do Peleja se apresenta. A partir da sua abertura, o Armazém DF estará de portas abertas de terça à sábado, entre 10h e 19h. 

Serviço:

Inauguração do Armazém do Campo DF

Local: CLN 115, bloco B, loja 63

Data: 10/set (sábado), a partir de 16h

Funcionamento: de terça a sábado (10h às 19h)

:: Clique aqui para receber notícias do Brasil de Fato DF no seu Whatsapp ::

Fonte: BdF Distrito Federal

Edição: Flávia Quirino

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui