No DF, Ibaneis aumenta diferença e chega a 41% das

0
352

Nova rodada de pesquisa do Instituto Ipec (ex-Ibope), encomendada pela TV Globo, mostra que o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), que concorre à reeleição, lidera com folga a disputa, com 41%.

Em relação à pesquisa anterior, divulgada no dia 15 de agosto, ele aumentou a diferença em três pontos percentuais. Em seguida, o novo levantamento mostra Leila do Vôlei (PDT), com 9%, e Paulo Octávio (PSD), também com 9%. O candidato Leandro Grass (PV) vem em seguida, com 7%.

Com isso, Leila, Paulo Octávio e Grass estão tecnicamente empatados. O levantamento ouviu 1,2 mil pessoas entre os dias 27 e 29 de agosto, tem margem de erro de três pontos percentuais e nível confiança de 95%. 

Veja os números da pesquisa estimulada para governador no DF:

Ibaneis Rocha (MDB): 41% (38% na pesquisa anterior, em 15 de agosto)

Leila do Vôlei (PSD): 9% (8% na pesquisa anterior)

Paulo Octávio (PSD): 9% (9% na pesquisa anterior)

Leandro Grass (PV): 7% (4% na pesquisa anterior)

Izalci (PSDB): 5% (5% na pesquisa anterior)

Renan Arruda (PCO): 2% (não pontuou na pesquisa anterior)

Keka Bagno (PSOL): 1% (2% na pesquisa anterior)

Coronel Moreno (PTB): 1% (não pontuou na pesquisa anterior)

Robson da Silva (PSTU): 1% (não pontuou na pesquisa anterior)

Não sabe ou não respondeu: 11% (10% na pesquisa anterior)

Branco/nulo: 13% (19% na pesquisa anterior)

Rafael Parente (PSB), que retirou a candidatura na semana passada, e Lucas Salles (DC) ficaram com menos de 1%. Teodoro da Cruz (PCB) não pontuou na pesquisa divulgada nesta terça. Como a pesquisa foi registrada no Tribunal Superiro Eleitoral (TSE) antes do anúncio da desistência de Parente, o nome dele foi mantido no levantamento.

:: Rafael Parente renuncia candidatura ao governo do DF e declara apoio a Leandro Grass ::

Esta é a segunda pesquisa de intenção de voto do instituto com eleitores do Distrito Federal. A anterior foi divulgada exatamente há 15 dias atrás.

Ao todo, 11 postulantes ao governo seguem na disputa: Coronel Moreno (PTB), Ibaneis Rocha (MDB), Izalci Lucas (PSDB), Keka Bagno (PSOL), Leandro Grass (PV), Leila do Vôlei (PDT), Lucas Salles (Democracia Cristã – DC), Paulo Octávio (PSD), Renan Arruda (PCO), Robson da Silva (PSTU) e Teodoro da Cruz (PCB).

A pesquisa estimulada é aquela em que o eleitor é apresentado a uma lista de candidatos para indicar seu voto. 

Senado

A pesquisa também apontou as intenções de voto para o Senado Federal. Nessa disputa, a deputada federal e ex-ministra Flávia Arruda (PL) segue aparecendo em primeiro lugar, com 31% dois votos (no levantamento anterior ela tinha 36%). Em seguida, aparece Damares Alves (Republicanos), com 16% (na pesquisa anterior, pontuou 15%).

Na terceira posição, vem Rosilene Corrêa (PT), com 5%. O candidato Joe Valle (PDT) tem 3%, mesma pontuação de Souza Júnior (DC).

Veja como ficou a preferência do eleitos na pesquisa estimulada para o Senado no DF:

Flávia Arruda(PL): 31% (36% na pesquisa anterior, em 15 de agosto)

Damares Alves (Republicanos): 16% (15% na pesquisa anterior)

Rosilene Corrêa (PT): 5% (5% na pesquisa anterior)

Joe Valle (PDT): 3% (não participou do levantamento anterior*)

Tenente Cel. Sousa Júnior (DC): 3% (não participou do levantamento anterior*)

Dr. Carlos Rodrigues (PSD): 2% (1% na pesquisa anterior)

Elcimara Souza (PSTU): 1% (1% na pesquisa anterior)

Hélio José (PROS): 1% (não participou do levantamento anterior*)

Pedro Ivo Mandato Coletivo (Rede): 1% (2% na pesquisa anterior)

Não sabe ou não respondeu: 20% (17% na pesquisa anterior)

Branco/nulo: 18% (23% na pesquisa anterior)

Segundo o Ipec, os candidatos Marcelo Hipólito (PTB) e Expedito Mendonça (PCO) tiveram menos de 1% das intenções de voto. Os nomes dos candidatos Joe Valle (PDT), Tenente Cel. Sousa Júnior (Democracia Cristã) e Hélio José (PROS) constaram pela primeira vez na pesquisa.

Avaliação do governo

O levantamento do Ipec ainda registrou a avaliação do governo Ibaneis Rocha. De acordo com os entrevistados, 33% dos entrevistados aprovam (bom/ótimo) a gestão do atual governador (na pesquisa anterior, esse índice era de 31%). Outros 28% reprovam (ruim/péssimo) e 37% avaliam como regular.

Governador é o mais rejeitado

Apesar de liderar a corrida eleitoral, Ibaneis Rocha também é visto como o mais rejeitado entre os eleitores ouvidos pela nova rodada de pesquisa do Ipec. Segundo o levantamento, 28% dos entrevistados não votariam de jeito nenhum no governador. Na sequência, aparece o empresário Paulo Octávio (PSD), com 24% de rejeição. 

Candidato em que não votaria de jeito nenhum:

Ibaneis Rocha (MDB): 28% (34% na pesquisa anterior, em 15 de agosto)

Paulo Octávio (PSD): 24% (25% na pesquisa anterior)

Leila do Vôlei (PDT): 14% (12% na pesquisa anterior)

Izalci (PSDB): 13% (17% na pesquisa anterior)

Renan Arruda (PCO): 12% (7% na pesquisa anterior)

Keka Bagno: (PSOL): 10% (10% na pesquisa anterior)

Coronel Moreno: (PTB): 9% (não apareceu na pesquisa anterior*)

Rafael Parente (PSB): 7% (11% na pesquisa anterior)

Leandro Grass (PV): 7% (8% na pesquia anterior)

Robson da Silva (PSTU): 6% (9% na pesquisa anterior)

Teodoro da Cruz Téo (PCB): 6% (8% na pesquisa anterior)

Lucas Salles (DC): 6% (7% na pesquisa anterior)

Poderia votar em todos: 7% (5% na pesquisa anterior)

Não sabem ou preferem não opinar: 19% (20% na pesquisa anterior)

:: Clique aqui para receber notícias do Brasil de Fato DF no seu Whatsapp ::

Fonte: BdF Distrito Federal

Edição: Flávia Quirino

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui