O ministro “ver para crer”: Queiroga diz que visitará hospitais para saber se pessoas estão realmente morrendo

0
244
Foto: Fábio Rodrigues / Agência Brasil

O novo ministro da Saúde, que ainda não tomou posse, Marcelo Queiroga, afirmou que pretende ir a hospitais para confirmar se as pessoas estão realmente morrendo de Covid-19.

Com uma tsunami de casos da doença, falta de vagas e aparelhos em UTIs, e com recordes no número de óbitos, esse é o principal objetivo do nosso novo ministro. O governo Bolsonaro não tem um plano efetivo de imunização, inclusive, o que mais vimos foram cidades interrompendo o plano por falta de vacinas. Porém, em conversas, o nomeado tem por intuito fazer uma espécie de blitz nas UTIs que estão colapsando e averiguar se as pessoas estão realmente morrendo por complicações do coronavírus.

A ideia de Queiroga, lembra-nos as invasões de bolsonaristas a hospitais de campanha em São Paulo, em junho do ano passado.

Enquanto isso, o presidente Jair Bolsonaro reforça a sua campanha negacionista, ignorando o avanço da pandemia, e coloca em xeque o número de mortos pela doença.

Segundo ele, “Parece que só morre de Covid. Você pega, você pode ver… Os hospitais estão com 90% das UTIs ocupadas. Quantos são de Covid e quantos são de outras enfermidades?”.

Além disso, o médico, em conversas, afirmou que deve-se acompanhar a suspensão da vacina de Oxford nos países europeus. A necropolítica do governo federal segue de pé e até o final do mês estaremos enterrando mais de três mil pessoas diariamente.

 

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui