OMS afirma que descontrole do covid-19 no Brasil é um risco para o mundo todo

0
222
Foto: World Health Organization

Nesta sexta-feira (5), o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, declarou que o descontrole da pandemia no Brasil é um risco também para a América Latina e para o mundo. Isso porque com a escalada de infecções, há maior probabilidade de surgirem novas variantes.

Por isso, Adhamon afirmou que a pandemia deve ser levada “muito a sério” no Brasil, pois não é apenas “sobre o Brasil. Mas sobre a região e todos os demais”.

Cientistas britânicos compartilham da preocupação de que o Brasil venha a ser uma “fábrica” de variantes do coronavírus. A preocupação é as vacinas não tenham eficácia contra essas possíveis variantes.

Da mesma forma, o pesquisador da Fiocruz Amazônia, Felipe Naveca, concordou que a escalada de casos de covid-19 no país favorece o surgimento de variantes.

Mike Ryan, diretor-executivo de emergências da OMS, atentou para o fato de não estarmos no fim da pandemia simplesmente por conta da chegada de vacinas. “Estou muito preocupado, os governos e as pessoas pensam que chegamos ao fim desta pandemia, mas não chegamos. A chegada das vacinas contra a Covid-19 é um momento de esperança, mas pode ser um momento em que perdemos o foco”, disse ele.

Na quarta-feira (3) dessa semana, chegamos à marca de quase 2.000 mortes em 24h no Brasil.Os sistemas de saúde do país inteiro estão em colapso ou a beira deste. Os casos aumentaram após as festas de fim de ano e carnaval, bem como pelo negacionismo promovido pelo governo federal.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui