Pazuello afirma que Brasil tem “60 milhões de seringas e agulhas” para iniciar vacinação

0
101

Na noite de ontem (06), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que o Brasil está preparado para iniciar a imunização contra a Covid-19 e que o país tem seringas o suficiente. A declaração ocorreu em meio às críticas pelo atraso em adquirir insumos e equipamentos para o início da imunização da população

Além disso, o ministro afirmou que o governo irá publicar uma Medida Provisória para a aquisição de vacinas e insumos. A MP prevê que o Ministério da Saúde irá coordenar a vacinação da população e, também, a compra de imunizantes antes da aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O pronunciamento de Pazuello foi feito em rede nacional de rádio e televisão na noite de ontem, esse foi o primeiro desde que assumiu o comando da pasta em maio do ano passado.

“Hoje, o Ministério da Saúde está preparado e estruturado em termos financeiros, organizacionais e logísticos para executar o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19”, afirmou o ministro.

E ainda completou: “O Brasil já tem disponíveis cerca de 60 milhões de seringas e agulhas nos estados e municípios. Ou seja, um número suficiente para iniciar a vacinação da população ainda neste mês de janeiro”.

Segundo o ministro, a intenção do governo é iniciar a imunização ainda esse mês, porém, Pazuello não informou nenhuma data. A importação de 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca produzida por um laboratório indiano já foi solicitada.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui