Pior dia da pandemia no Brasil de novo: 1.910 mortes em 24h

0
125
Foto: Reprodução

Não, esta notícia não está repetida. Hoje (3) também foi o pior dia da pandemia até agora. Ontem (2) o país tinha batido o seu recorde em número de mortes até então com 1.726 óbitos, número que foi superado hoje com 1.910 brasileiros assassinados nas últimas 24h.

Desde ontem, foram confirmados mais 71.704 casos de coronavírus no Brasil. Os dados são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Segundo o pesquisador Atila Iamarino, o número crescente de casos e mortes reflete o relaxamento das regras em festas de fim de ano e carnaval. Para conter o avanço da doença, de acordo com Iamarino, é necessário um lockdown imediato e rigoroso, além de ampla campanha de vacinação.

O Brasil enfrenta hoje um projeto de genocídio de sua população promovido pelo governo federal. Jair Bolsonaro adota discurso negacionista e vai na contramão das medidas que poderiam salvar as vidas dos brasileiros e brasileiras que estão morrendo. A pandemia nunca esteve pior no país, com o colapso do sistema de saúde acontecendo por todo o território nacional. O presidente confirma sua célebre frase, na qual afirma que sua “especialidade é matar”.

Ninguém aguenta mais. Organizações sociais estão promovendo um panelaço para hoje (3) às 20h30, quando deve ocorrer um pronunciamento em rede nacional do líder protofascista.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui