Plano nacional de imunização tem novos grupos prioritários

0
95
Imagem: Divulgação

Nesta quarta (16), o governo federal apresentou o Plano Nacional de Imunização e, nessa nova versão, adicionou novos grupos prioritários e a utilização da CoronaVac.

Assim, a nova versão do documento excluiu o trecho com a lista dos cientistas “colaboradores”. Ainda, durante a apresentação do plano, o governo afirmou que o termo de responsabilidade será exigido a quem quiser se vacinar. Muitos especialistas já se posicionaram contrários à obrigatoriedade do termo por ser uma forma de diminuir a adesão à vacina.

Entre os novos grupos prioritários adicionados nessa nova versão do texto estão: comunidades tradicionais ribeirinhas; quilombolas; trabalhadores do transporte coletivo; pessoas em situação de rua; população privada de liberdade. Esse novo grupo se junta aos trabalhadores da área de Saúde; idosos (acima de 60 anos); indígenas; pessoas com comorbidades; professores (do nível básico ao superior); profissionais de forças de segurança e salvamento; funcionários do sistema prisional.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui