Professor indiano conquista o Nobel da educação e divide o prêmio com os finalistas

0
224
Foto: Youtube/ Global Teacher Prize

[Por Márcia Friggi]

O professor indiano Ranjitsinh Disale que leciona na Escola Primária Zilla Parishad, no vilarejo de Paritewadi, no estado de Maharashtra, na Índia, foi considerado o melhor professor do mundo, em 2020. Disale foi laureado por seu reconhecido trabalho em garantir a educação de meninas desfavorecidas. Para elas, a obtenção de bons resultados escolares pode significar outro universo de possibilidades, para muito além do casamento precoce ao qual, antes, elas estavam destinadas.

O Global Teacher Prize, considerado o Nobel da Educação, concedeu a Disale o prêmio de US$1 milhão, o qual ele compartilhou com os outros finalistas, anunciando sua decisão durante o discurso de agradecimento. É a primeira vez na história do prêmio que isso acontece.

Ranjitsinh Disale também oferece aulas on-line de ciências em 83 países e dirige um projeto internacional de construção de conexões entre jovens em zonas de conflito. A professora Jameie Frost, do Reino Unido, que administra um site gratuito de aulas de matemática, foi contemplada com o prêmio especial “Herói Covid”. A brasileira Doani Bertan, professora que desenvolve um projeto de inclusão para crianças surdas, estava entre os dez finalistas.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui