PSOL se volta ao STF contra a ampliação do acesso a armas de fogo de Bolsonaro

0
170
Bolsonaro fazendo arminha com a mão.
Foto: Helvio Romero / Estadão Conteúdo

O Partido Socialismo e Liberdade irá  atuar contra os decretos do presidente Bolsonaro que flexibilizam o acesso a armas de fogo. O partido irá entrar diretamente com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para isso.

Marcelo Freixo (RJ), deputado pelo PSOL, anunciou a ação em suas redes sociais. Ainda, ele afirmou que irá apresentar projetos de lei contra a medida bolsonarista.

“URGENTE! Vou apresentar projetos p/ anular os 4 novos decretos de Bolsonaro que ampliam o acesso de civis a armas e munições e afrouxam a fiscalização. Também estou incluindo essas medidas na ADI que já protocolei no STF. O presidente não pode legislar sobre armas via decreto.”, declarou o deputado via Twitter.

No dia 03, o Instituto Sou da Paz também entrou com um pedido no Supremo Tribunal Federal (STF) para ingressar como amicus curiae contra a tentativa do governo federal de zerar a tarifa de importação de armas de fogo.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui