Pujol, comandante do Exército diz: Exército brasileiro é um dos menores do mundo!

0
188

Em uma live promovida pelo O IREE Defesa Segurança (IDS) foi entrevistado o Comandante do Exército do Brasil, o General de Exército Edson Leal Pujol. O tema foi a Visão Estratégica da Exército Brasileiro.

 

O evento online contou com a mediação do Presidente do Conselho de Administração
do IDS General Sérgio Etchegoyen e do Presidente Executivo do IDS, Raul Jungmann. Ambos tiveram papel destacado no governo usurpador de Michel Temer.

“Estamos aquém do que o Brasil precisa”, afirmou o general, acrescentando que o Brasil não pode “abrir mão da soberania sobre a Amazônia”.

O comandante declarou que o Exército não quer entrar na política, “muito menos deixar ela entrar nos quartéis e descreveu a Força como “uma das menores do mundo” em relação ao território que lhe cabe defender.

Pujol defendeu a tese de que a falta de ameaça imediata ao Brasil, “alguém querendo nos invadir para conquistar nossos recursos”, faz com que a sociedade e os políticos deem uma “prioridade baixa” ao reforço das suas Forças Armadas.

“Eu até entendo”, disse “Mas muita coisa no nosso entorno estratégico é dinâmica. De
um dia para o outro, as coisas mudam.”

Pujol defendeu que, ainda que considere insuficiente o tamanho das Forças Armadas,
fará cumprir o acordo da reforma da carreira militar de 2019, que prevê reduzir o
efetivo em 10% em dez anos.

O uso de “pólvora” contra os EUA, bravateado por Jair Bolsonaro, provavelmente esteja na base destas afirmações, que a contestam frontalmente.

Vale lembrar que em julho Pujol, se mostrando alinhado a Bolsonaro, fez a defesa desbragada do uso da cloroquina. As declarações de ontem apontam para uma maior autonomia de pensamento no comando do Exército Brasileiro.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui