Qual a porcentagem de votos necessária para ganhar a eleição

0
536

A um mês das eleições, as pesquisas eleitorais sobre a corrida para a presidência da República vêm apontando uma indefinição em relação à realização ou não de um segundo turno nacional.

Isso pode gerar algumas dúvidas entre os eleitores:  o que é necessário para definir uma eleição ainda no primeiro turno e, se for o caso, quando será realizado o segundo turno.

Para se eleger no primeiro turno, o candidato ou candidata precisa receber mais de 50% dos votos válidos. Um único voto a mais que a metade de todos é o suficiente para um candidato ser declarado vencedor.

Para calcular o número de votos válidos, é necessário excluir os votos brancos e nulos. Caso isso não aconteça, os dois primeiros colocados na votação devem concorrer no segundo turno.

A legislação eleitoral determina que as eleições para presidente da República, governador e prefeito de cidades com mais de 200 mil habitantes estão sujeitas à realização do segundo turno.

Em caso de morte, desistência ou impedimento legal de um dos candidatos que foram para o segundo turno, deverá ser convocado o terceiro mais votado no primeiro turno. 

No Brasil, a realização do segundo turno das eleições é prevista desde a redemocratização. Somente nas eleições presidenciais de 1994 e 1998 o representante foi escolhido no primeiro turno. Em todos os demais pleitos, foi necessária a realização do segundo turno para definir o resultado. 

Neste ano, segundo o Calendário Eleitoral do TSE o primeiro turno está marcado para o dia 2 de outubro e, se necessário, o segundo turno será realizado em 30 de outubro.

Edição: Thalita Pires

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui