Reinaldo Azevedo afirma que golpe em Dilma foi um erro

0
250
Reinaldo Azevedo com expressão tranquila.
Foto: Divulgação.

leia trecho de Opera Mundi:

Em entrevista a Breno Altman durante o programa 20 minutos desta sexta-feira (26/02), o jornalista e  apresentador do ‘O É da Coisa’, da BandNews FM, Reinaldo Azevedo, afirmou que o impeachment da então presidenta Dilma Rousseff foi um erro e que a interdição eleitoral de Lula compromete a democracia brasileira.

“Com dados da época, não consegui ser contra, mas se hoje você me pergunta se foi um erro, digo que foi”, afirmou. Na época, no entanto, o jornalista apoiou o golpe contra a então presidenta. “A posteriori é fácil ver o ovo da serpente. Naquela época a gente tinha como referência o impeachment do Collor, que foi bom pro país”, disse.

Hoje, Azevedo avalia o impeachment como sendo consequência do poder e autonomia que obteve a Polícia Federal com a Operação Lava-Jato, “uma entidade disposta a governar a sociedade que atuava o tempo todo para desestabilizar o governo”, contando, ainda, com o apoio do poder Judiciário e o enfraquecimento político da então mandatária.

“O PT foi perseguido porque era o eixo que estava no poder, mas a Lava-Jato na verdade é uma ação muito mais nefasta, é uma ação contra a política. É um partido da polícia, que não foi votado por ninguém e segue sua agenda. Isso nos levou a Bolsonaro, porque levou à destruição do ambiente político. Acho que todos nós, independentemente de vieses ideológicos, tínhamos que ter repudiado isso como princípio”, defendeu.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui