Rússia e China fecham acordo sobre pagamento de gás

0
541

A petroleira russa Gazprom e a corporação chinesa CNPC assinaram nesta terça-feira (6) um acordo para que os pagamentos do fornecimento de gás russo passem a ser feitos em rublos e yuans. 

“Durante a reunião, foram assinados acordos adicionais ao contrato de longo prazo sobre compra e venda de gás pela rota oriental – o gasoduto Força da Sibéria. Em particular, foi feita uma transição para efetuar pagamentos do fornecimento de gás à China nas moedas nacionais dos países – rublos e yuan”, diz o comunicado da Gazprom. 

Em fevereiro, a Gazprom e a CNPC assinaram um acordo de longo prazo sobre o fornecimento de gás natural à China. Após o projeto atingir sua plena capacidade, o volume de fornecimento de gás pelo gasoduto “Força da Sibéria” deveria aumentar em 10 bilhões de metros cúbicos por ano e no total chegará a 48 bilhões de metros cúbicos por ano.

Em maio, a Gazprom informou que as exportações de gás para a China cresceram quase 60% desde o início do ano. Em julho e agosto, a empresa russa também informou que as entregas para a China continuam aumentando. Enquanto os chineses aumentam suas compras, países do ocidente aplicam sanções contra os combustíveis russos.

Em agosto, foi a Turquia que havia chegado a um acordo com a Rússia para realizar parte do pagamento do fornecimento do gás russo em rublos.

“O novo mecanismo de pagamento é uma solução mutuamente benéfica, oportuna, confiável e prática. Acredito que simplificará os cálculos, se tornará um excelente exemplo para outras empresas e dará um impulso adicional ao desenvolvimento de nossas economias”, disse o presidente da Gazprom, Aleksei Miller.

Edição: Thales Schmidt

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui