Secretário de Estado dos EUA visita Ucrânia e anuncia

0
527

Em visita à Ucrânia nesta quinta-feira (8), o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, confirmou mais uma rodada de doação de armas para os ucranianos e também para seus países vizinhos no leste europeu. Serão US$ 675 milhões (R$ 3,513 bilhões) para as “necessidades de defesa” da Ucrânia e US$ 1 bilhão (R$ 5,2 bilhões) para os países vizinhos da Ucrânia.

Em Kiev, Blinken visitou a embaixada estadunidense na capital ucraniana, visitou um hospital que atende feridos pela guerra e também encontrou o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba.

“Sempre bom ver meu amigo Dmytro Kuleba. Discutimos o sempre presente apoio dos EUA à Ucrânia, responsabilizando a Rússia pelas atrocidades cometidas e como podemos aumentar os custos para a Rússia com nossos aliados e parceiros”, disse o secretário de Estado dos EUA em sua rede social.

De acordo com balanço do Departamento de Defesa dos EUA publicado no dia 24 de agosto, portanto antes da mais nova transferência de armas, a Casa Branca já enviou à Ucrânia 152 canhões de artilharia Howitzer, 20 helicópteros Mi-17, 200 blindados M-113, 18 barcos de patrulha, entre outros itens.

O secretário de Defesa dos EUA, Lloyd J. Austin III, reuniu-se nesta quinta na Base Aérea de Ramstein, na Alemanha, com os países do “Grupo de Contato” de apoio à Ucrânia. De acordo com o Pentágono, a organização tem mais de 50 países.

“Desde nossa última reunião [do Grupo de Contato] em julho, muitos aliados e parceiros apresentaram suas próprias novas entregas importantes de radares avançados, tanques e veículos blindados de transporte de pessoal”, afirmou o secretário de Defesa dos EUA.

Edição: Arturo Hartmann

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui