Síria aciona Conselho de Segurança da ONU contra EUA

0
133
FILE PHOTO: Democratic U.S. presidential candidate and former Vice President Joe Biden speaks during a campaign stop in Detroit, Michigan, U.S., March 9, 2020. REUTERS/Brendan McDermid/File Photo

Após o ataque aéreo que Biden promoveu à Síria, o Ministério do Exterior e dos Expatriados da Síria acionou o Conselho de Segurança das Nações Unidas neste sábado (27). O ministério sírio requisitou que a ONU assuma suas responsabilidades e ponha fim imediato à violência estadunidense em território sírio, bem como previna a repetição.

O bombardeio americano aconteceu na província de Deir Ez-Zor, perto da fronteira sírio-iraquiana nesta quinta (25).

A agência síria SANA, em carta ao secretário-geral da ONU e ao presidente do Conselho de Segurança, reafirmou a violação do direito internacional e da Carta das Nações Unidas pelos EUA. Ainda, o ministério afirmou que as agressões estadunidenses acontecem sob justificações vergonhosas e pretextos insignificantes, sendo comemoradas pela administração de Washington.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui