Supremo deve ratificar prisão de deputado bolsonarista que ofendeu ministros

0
122
Nesta quarta-feira (17), o Supremo Tribunal Federal (STF) deve referendar a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL).
Foto: Aline Massuca / Metrópoles

Nesta quarta-feira (17), o Supremo Tribunal Federal (STF) deve referendar a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL). Ontem (16), os ministros trocaram diversos telefonemas e resolveram, em comum acordo, dar uma resposta aos ataques do parlamentar. Silveira foi preso em flagrante por ordem do ministro Alexandre de Moraes.

O deputado bolsonarista foi preso após publicar um vídeo defendendo o general Villas Boas e atacando seis ministros do STF.

Isso acabou unindo os magistrados que constataram que uma nota de repúdio seria insuficiente e que seria necessário fazer uma defesa institucional do trabalho do Supremo.

Dessa forma, nesta quarta-feira (17), o presidente da corte, Luiz Fux, para demonstrar união frente à ofensiva de aliados de Bolsonaro contra o STF, optou por levar o despacho individual de Moraes para referendo no plenário.

Assim, os ministros decidiram reforçar a segurança da sede do tribunal para o julgamento de hoje, uma vez que a tensão entre os Poderes deve aumentar.

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui