Vacinar é mais barato que pagar auxilio, afirma presidente do BC

0
121
Foto: Reuters

Nesta terça-feira (15), o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que vacinar a população é mais barato que prorrogar auxílios emergenciais de combate a pandemia.

Para ele, não há mais espaço fiscal para prorrogar os “gastos” públicos. No GZero LatAm Forum 2020, evento virtual promovido pela Eurasia Group, ele disse “Há um foco nas vacinas, em quem vai conseguir antes e a logística, o mercado está focado nisso também”.

Por mais que Neto esteja ávido por tirar o pão da mesa das pessoas mais pobres, o governo federal apresentou uma proposta de imunização sem data de início e com assinaturas falsas. Aparentemente o presidente do BC só está preocupado com dinheiro que está “gastando”, quando o Brasil supera mais de 180.000 mortes por covid-19. 

Receba atualizações por e-mail!

Cadastre-se agora e receba um e-mail assim que for publicado um novo conteúdo.

Nunca enviamos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui